Políticas e Gestão da Cultura | IHAC - UFBA

Políticas e Gestão da Cultura

Projeto Pedagógico da AC

DURATION:
Três semestres

Address

Universidade Federal da Bahia - UFBA. Rua Barão de Jeremoabo, s/n, PAF-IV, Campus de Ondina. CEP 40170-115 , Salvador-BA   View map

A Área de Concentração em Políticas e Gestão da Cultura é uma modalidade de especialização curricular capaz de conferir aos estudantes do Bacharelado Interdisciplinar em Humanidades e do Bacharelado Interdisciplinar em Artes o domínio de habilidades e competências teóricas e aplicadas no campo da cultura, numa perspectiva inovadora de formação. Apesar de oferecer uma organização curricular com um claro horizonte de especialização, a Área de Concentração não perde a dimensão interdisciplinar da matriz dos Bis e está perfeitamente integrada ao conjunto de práticas pedagógicas devidamente sintonizadas com os conteúdos dos Bacharelados aos quais pertence.

A proposta de criação da Área de Concentração em Políticas e Gestão da Cultura se constitui num importante elemento de formação especializada para os alunos dos BIs em Humanidades e em Artes que vai ao encontro das possibilidades de inserção profissional abertas contemporaneamente pelo campo da cultura.

No cenário internacional, tais possibilidades emergem por conta do lugar de relevo que a cultura vem ocupando na agenda de governos e organizações multilaterais quanto a temas como diversidade cultural, comércio internacional, propriedade intelectual e desenvolvimento sustentável. No plano nacional, são as políticas, programas e projetos postos em marcha pelo Ministério da Cultura nos últimos anos, particularmente no que diz respeito ao estabelecimento do Sistema Nacional de Cultura e à adoção de um Plano Nacional de Cultura, que respondem pela criação de um ambiente favorável a novas possibilidades de atuação profissional no campo cultural. Na mesma direção aponta a cena regional, onde as políticas de cultura têm vindo a promover a interiorização da ação dos órgãos públicos responsáveis por esta área e, refletindo o movimento da esfera federal, apostam na criação de Sistema Estadual de Cultura. Já do ponto de vista local, estas possibilidades inscrevem-se nas características de Salvador como uma cidade com inequívoca vocação para atividades sócio-econômicas que se organizam à volta da dimensão simbólico-cultural. Todavia, em que pesem as oportunidades que decorrem deste ambiente, o campo da cultura carece, enormemente, de profissionais que, com uma sólida e específica formação nas áreas de formulação, implementação e avaliação de políticas culturais e de gestão de instituições, empreendimentos e projetos culturais, possam atender tal demanda.

Action text

Ingresso