HACB31 - Organizações e Sociedades

.

DURATION:
Às terças-feiras, das 18h30 às 22h10 (68 horas)

INSTRUCTORS:

Priscila Cabral Almeida
Docente Substituta

Address

Sala a definir   View map

As abordagens contemporâneas no campo dos Estudos Organizacionais vêm ampliando seus objetos de pesquisa para além das organizações formais, como corporações, instituições públicas, bens culturais, movimentos sociais, etc. Seguindo esta tendência, a proposta do curso é analisar a prática festiva enquanto organização não formal, a partir do estudo de caso da Festa do Dois de Julho em Salvador, evento síntese do processo de independência do Brasil na Bahia. O objetivo geral do curso é compreender esta prática festiva a partir do diálogo interdisciplinar entre Estudos Organizacionais, História e Antropologia, como forma de exercitar a reflexão crítica sobre construções culturais complexas. O curso se desenvolverá a partir das seguintes etapas: 1) debates sobre aspectos teóricos da prática festiva enquanto organização (Almeida & Davel, 2019; Fleming & Spicer, 2007); 2) debate historiográfico em torno do evento do Dois de Julho e seus desdobramentos (Silva & Reis, 1989; Sampaio, 1988; Kraay, 1999); 3) práticas de pesquisa a partir da metodologia da Antropologia Histórica/História Cultural (Burke, 1997, 2008; Darnton, 1986; Chartier, 1988), a partir de fontes escritas e audiovisuais, assim como entrevistas de história oral; 4) construção de ensaio escrito ou audiovisual com os alunos a partir da análise das fontes colhidas no trabalho de campo.

Deixe uma resposta